Resumão do SPFW 2018: tudo o que rolou!

A 45ª edição do São Paulo Fashion Week, SPFW 2018, foi realizada no Pavilhão das Culturas brasileiras, no Parque do Ibirapuera na capital paulista, nos dias 21 a 26 de abril.

O SPFW é maior evento de moda aqui no Brasil e o mais importante da América Latina, onde são definidas tendências adaptadas ao estilo brasileiro. Por isso, se você não conseguiu acompanhar todos os detalhes, dá uma olhada nesse resumão do SPFW 2018 que a gente preparou para você.

SPFW 2018

Os desfiles realizados ao longo do evento apresentaram diversas tendências: desde alfaiataria até roupas mais confortáveis para usar em casa.

Se depender de marcas como Água de Coco, Amir Slama, Lenny Niemeyer e Salinas, a mulher brasileira vai andar com looks cheios de babados, franjas, estampas coloridas, recortes estratégicos e até rendas e crochês no próximo verão.

spfw-2018

Quer saber mais? Confira os destaques de cada dia do SPFW abaixo:

Dia 1 – 21/04, sábado

Lineup
Água de Coco por Liana Thomaz
Projeto Ponto Firme

Além do desfile da Água de Coco, que nós já citamos acima, o público teve outra grande surpresa. O estilista Gustavo Silvestre levou para a passarela uma coleção que criou no seu Projeto Ponto Firme, onde apresentou as técnicas do tricô e crochê para dentro do presídio de Guarulhos/SP. Juntos, planejaram uma coleção linda e cheia de emoção que ficará exposta na Pinacoteca de São Paulo.

spfw-2018

Dia 2 – 23/04, segunda-feira

Lineup
Uma Raquel Davidowicz 
Osklen
Samuel Cirnansck
João Pimenta
PatBo
Lilly Sarti

Nesse segundo dia de SPFW 2018, teve muita mistura de texturas e padronagens com o uso de rendas, bordados e veludo. Dentro de cada coleção, vale ressaltar o utilitarismo das peças da Osklen e da Uma Raquel Davidowicz, a inspiração gipsy da coleção da PatBo, o boho contemporâneo com tons pastel de Lilly Sarti e os brilhos, rendas e transparências dos vestidos de festa de Samuel Cirnansck.

spfw-2018

Dia 3 – 24/04, terça-feira

Lineup
Reinaldo Lourenço 
Modem
Fernanda Yamamoto
Fabiana Milazzo
Memo
Amir Slama

Neste lineup, a ênfase foi para a ousadia da Memo ao apresentar sua coleção de sportwear com muito utilitarismo, cores vivas e movimento.

E ainda teve decotes, recortes e franjas nas peças assimétricas da Modem, tecido plissado e formatos orgânicos da Fernanda Yamamoto e muita textura, renda, mistura de padronagens com um ar bem urbano no desfile da Fabiana Milazzo.

spfw-2018

Dia 4 – 25/04, quarta-feira

Lineup
A.Niemeyer 
Lenny Niemeyer
Salinas
Beira
Cotton Project
Lino Villaventura
Apartamento 03

O quarto dia de desfiles foi marcado com peças confortáveis, modelagem ampla e texturas aconchegantes, como lã, tricô e tapeçarias da A. Niemeyer.

Depois tivemos uma onda de coleções culturais: Cotton Project estava em clima rural, com chapéu, bota e tons terrosos e Lino Villaventura com linhas, sobreposições, texturas e mix de estampas.

spfw-2018

Dia 5 – 26/04, quinta-feira

03
Gloria Coelho 
Amapô
Ratier
Ronaldo Fraga
Handred
Juliana Jabour
João Pimenta

O último dia foi o mais revolucionário no quesito moda. Primeiro porque Ronaldo Fraga fez um desfile emocionante, inspirado na tragédia de Mariana (MG), usando o trabalho de bordado das artesãs da Fundação Renova.

E a Amapô, onde boa parte das roupas foram criadas a partir de peças de brechó. De novo com mix de estampas, de cores, franjas, texturas e padronagens, mas com peças bem personalizadas.

spfw-2018

Com o blog: http://zanotti.com.br/blog/resumao-spfw-2018/

Revista Cida Moldes

Deixe uma Resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *