O TAPETE VERMELHO DO MET GALA 2016

O Metropolitan Museum of Art, em Nova York, realizou no início desta semana (02 de maio) o baile de gala que marca a abertura da exposição anual do Costume Institute. “Manus x Machina” explora a relação entre o processo industrial e artesanal na moda, com roupas de nomes como Raf Simons para a Dior, Issey Miyake, Coco Chanel, Iris Van Herpen e Christopher Kane.

No tapete vermelho, atrizes, modelos e cantoras disputaram as atenções e as avaliações de seus vestidos. No quesito extravagância, Madonna causou com o bumbum e seios  à mostra num Givenchy rendado exótico transparente preto, inspirado em faixas terapêuticas contra fadiga muscular que a popstar usa depois de seus shows em turnês (palavras do próprio Riccardo Tisci). Lady Gaga, de Atelier Versace, não chegou a impressionar dessa vez. Já Beyoncé, de látex tom de pele rosado assinado também por Tisci, se destacou.

Entre as fashionistas, Karlie Kloss estava bela de longo branco recortado Brandon Maxwell. Brie Larson surpreendeu com um belo e metalizado Proenza Schouler. O prateado, mais claro ou escuro, foi aliás a escolha de muitas estrelas, caso de Taylor Swift, de Louis Vuitton, de Cindy Crawford, bela de Balmain, e da família Kardashian Jenner, a maioria também de Balmain metalizado.

Veja na galeria de fotos do Fashion Forward quem passou e o que vestiu no Met Gala 2016: Clique Aqui

Fonte: Site Fashion Forward – ffw.com.br
Foto: BRIE LARSON DE PROENZA SCHOULER, KENDALL JENNER, DE ATELIER VERSACE, CINDY CRAWFORD, DE BALMAIN, BEYONCÉ, DE GIVENCHY E KARLIE KLOSS DE BRANDON MAXWELL ©REPRODUÇÃO
Revista Cida Moldes

Deixe uma Resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *